qua
06 dez
2017

Laguna 69 no Peru – todas as dicas para o trekking

Postado por Thaís Towersey - 4 Comentários

Uma das paisagens mais incríveis que pude visitar na América do Sul foi a Laguna 69 no Peru. Já pensou encontrar uma lagoa a 4.650m de altitude, rodeada de montanhas e com um azul tão vibrante que chega a te deixar tonto? Se não imaginou, da uma olhada nisso:

 

Laguna 69 no Peru

Olha esse lugar!

 

Não deixe de nos seguir no Instagram @guiamundoafora e procurar pela Tag
#GMAnoPeru para ver mais fotos!

 

 

Onde fica a Laguna 69?

A Laguna 69 fica na Cordilheira Branca no Peru, região que concentra uma penca de trekkings surreais por suas paisagens! Você vai encontrar muitos sites dizendo que a Laguna 69 fica em Huaraz, mas é só uma forma de falar, já que muitas pessoas usam essa cidade como base para explorar as paisagens da Cordilheira Branca.

 

Tanto a Laguna 69, a Laguna Churup e os Llanganucos Lakes (outros trekkings que você tem que fazer por lá!) estão dentro do parque Nacional de Huscarán, que fica na Cordilheira Branca, que está há mais ou menos 9 horas de busão de Lima.

Pra te situar, da uma olhada aqui no mapa:

 

 

Vendo a localização já conseguimos excluir uma das perguntas que vocês mais me fizeram nas redes sociais: não, não da pra fazer um bate e volta de Cusco e nem de Lima para a Laguna 69! Você vai ter que dormir em Huaraz, Yungay ou dentro do próprio Parque Nacional de Huascarán 😆

 

Onde se hospedar

A cidade de Huaraz funciona como base para os viajantes que querem explorar as belezas da Cordilheira Branca, por ter um pouco mais de estrutura e não ser tão longe assim. Digo isso porque a cidade que realmente fica pertiiiiinho se chama Yungay, mas infelizmente ela foi praticamente toda destruída por uma avalanche há anos atrás, então não tem hotéis legais suficientes para receber a galera. E assim Huaraz ganhou seu espaço.

O “problema” de se hospedar em Huaraz é que a cidade não fica perto dos trekkings. Para chegar na Laguna 69, por exemplo, são 3 horas só de estrada para cada trecho (que dizem ser bem ruim, por isso tem que andar devagar)! Ou seja, se já não bastasse todo o esforço da caminhada em altitude, você toma aí nas costas mais 6 horas de estrada para completar seu dia.. é pesado!

 

Eu, espertinha que sou, pesquisei pra caramba para tentar achar uma solução pra isso e cortar a estrada, que odeeeeeio com todas as forças. Geralmente eu enjoo muito, então sem sombra de dúvidas ia comprometer meu desempenho nos trekkings depois, e eu precisava fugir disso.

Foi assim que conheci o Llanganuco Lodge, o único hotel/lodge que fica DENTRO no parque de Huascarán. Ele é o ponto roxo que marquei no mapa, olha só como é mais perto!

 

Llanganuco Lodge

Vista da varanda do meu quarto no Llanganuco Lodge

 

Se você puder se hospedar no Llanganuco, é minha maior dica! Demoramos somente 1h de táxi por trecho (130 Soles ida e volta) e fizemos a caminhada por conta própria. Por conta da proximidade, não precisamos acordar tão cedo, tomamos um cafézão no hotel e chegamos super descansados para fazer a caminhada. Isso faz toda a diferença! E como eu faço de tuuuuudo para vocês terem a melhor experiência nas viagens, consegui um desconto pra vocês se hospedarem com eles também <3

 

DESCONTO PARA VOCÊ NO LODGE

Consegui um desconto de 15% na hospedagem por ser meu leitor colocando o código THAISBRA, se fizerem a reserva direto pelo site deles aqui.Vocês vão amar! ❤️

 

Laguna 69 no Peru

Uhuuuuul! Chegamos sem ninguém lá em cima!

 

A trilha da Laguna 69

Tenho certeza que você já leu por aí que essa trilha é pesada.. e é, não vou mentir! A Laguna fica a 4.650m de altitude, o que faz seu esforço ser dobrado e a respiração ficar mais pesada a cada passo. Não deixe de ler sobre altitude no Peru para entender melhor os efeitos no seu corpo.

A trilha da Laguna 69 não é para ser feita no início da viagem, você tem que estar aclimatado para conseguir dar conta e não passar mal, então indico que seja a última trilha dentro do seu roteiro na Cordilheira Branca! Serão 14 km de caminhada ida e volta, mas com subida, o que faz tudo ficar mais difícil! Você vai sair de 3.900m de altitude e chegar a 4.650… tem noção? Não é moleza.

 

O tempo de trilha para chegar lá em cima vai depender muuuuito da sua aclimatação, preparo físico e psicológico, mas a média varia entre 2 a 5 horas só para subir. Leia-se 2 horas para os super incríveis da caminhada e 5 h para quem vai andar bem devagar! A média normal de descida é de 2 horas, porque pra baixo tudo fica mais fácil, né? haha

 

subida Laguna 69

Olha como é a subida, com bastante pedras e “escadas”

 

Nós demoramos 3 horas para subir e 2 para descer! Estávamos hiper aclimatados, eu já tinhamos feito Machu Picchu e o trekking Ausangate de 5 dias, o que ajudou horrores na minha respiração para subir a Laguna 69, mas mesmo assim tive que dar uma forçada nas pernas no final.

Quando você acha que está chegando e que vai acabar, é quando começa a parte mais difícil.. juro, sem querer assustar! rs Aí sua cabeça vai começar a surtar, mas você tem que vencer essa barreira psicológica mais que tudo! Eu já falei em um texto sobre essa superação, vale a leitura para quem é iniciante. 

 

trilha da Laguna 69 no Peru

Lá no topo e feliz!

 

Falando mais da trilha: ela é super demarcada, é bem fácil de fazer sem guia como fizemos! Levamos o lanche que o Llanganuco Lodge nos forneceu e fizemos algumas paradas estratégicas para comer, descansar e se hidratar bastante. É muuuuito importante a hidratação durante as trilhas, gente, pode ser o ponto decisivo entre você chegar ou não.

 

PS: Quando você ver a uma Laguna não tão azul assim, esse é o momento que vai começar a ficar difícil de verdade. Ela se chama Laguna 68, achei que era zuação do Alan, mas é real! haha Pare ali, coma, beba bastante água e descanse um pouco, porque você estará na metade do caminho pra chegar no seu destino final!

 

Qualquer um consegue fazer a trilha?

Todos vocês perguntaram isso, mas a resposta é relativa demais, gente! Se você não faz exercício nenhum na sua vida, vou ser sincera, vai ser difícil! 14km é bastante coisa, e em altitude o negócio piora… Tudo vai depender da sua vontade de chegar lá em cima e ver a Laguna 69!

 

Leve muita água *muita mesmo*, bastante lanchinhos, e vá no seu tempo. Não se ligue no tempo dos outros, cada um tem seu passo, e se você tiver que demorar 6 horas para subir, qual o problema? O importante é chegar!!!

Se você puder caprichar nos exercícios no Brasil, estiver com uma boa bota de caminhada, levar suprimentos suficientes e muita força de vontade, todo mundo chega lá! 🙂

 

o que vestir para a Laguna 69

Os equipamentos e roupas que você vai usar na trilha são de extrema importância! Nós viajamos em Agosto, que é a época seca e super alta temporada no Peru, então o frio não era tão grande assim, mas mesmo assim ventava! Eu subi a Laguna 69 vestida em camadas, e fui tirando todos os casacos no decorrer da trilha. Da calor, não tem jeito.. Coloquei por baixo uma camiseta de manga curta, fleece, um casaco maior e tinha o corta vento na mochila.

 

++ Leia sobre equipamentos de trekking para iniciantes

 

Os bastões de trekking também foram essenciais na subida e descida, principalmente, porque o chão tem pedras e vários desníveis estilo escada, então ajuda demais a não forçar seus joelhos e você sentir mais confiança para descer sem parecer uma lesma amedrontada…hahaha

 

trilha da Laguna 69

O início da trilha é bem plano

 

Botas de trekking: IMPRESCINDÍVEIS! Não da para fazer essa trilha de tênis normal gente, nem pensar. Você vai machucar e/ou torcer seu pé, isso é um fato. Da uma olhada nas minhas roupas:

 

Roupas para Laguna 69 no Peru

Roupas que usei na Laguna 69

 

A temperatura vai variar bastante dependendo da época do ano, mas acho que começamos o trekking a 5 graus, algo assim, e foi esquentando conforme o sol ia ficando mais forte. Leve as luvas e touca na mochila… não faz volume e é péssimo passar frio e não ter!

 

Passeios até a Laguna 69

Bem, como eu contei, não fiz um passeio até a Laguna 69, porque estava hospedada no lodge pertinho. Pegamos um táxi até o início da trilha e fizemos tudo sozinhos, beeem suave! Se quiséssemos poderíamos ter contratado um guia, que custa uma faixa de 90 Soles, mas não sentimos necessidade e realmente não precisamos.

 

Se você está hospedado em Huaraz, vai ter que contratar um passeio até lá. Parece que a saída acontece entre às 5:00 e 6:00 da matina, chegando no início da trilha por volta das 8:00 ou 9:00, vai depender da gência que você escolher. Nós começamos a trilha entre 7:00 e 7:30, ou seja: chegamos na Laguna 69 vazia! Tinha somente 1 casal por lá e tivemos a paisagem tooooooda pra nós!

 

A média de valor do passeio para a Laguna 69 é de 90 dólares!

 

LAguna 69 no Peru

Alan e uma vaca. Era nossa cia.. hahaha

 

Quando começamos a descer cruzamos com muitos grupos que estavam subindo ainda, então tenho certeza que depois começou a ficar um pouco cheio. Não é um trekking fácil, gente, então não vai estar bombaaaando de gente lá em cima, mas se você fizer passeio, vai ter que dividir o espaço pras fotos.

Essa foi mais uma das vantagens que vi em ficar no Llanganuco! Quando chegamos no Lodge ainda tinha sol, tomei um banho de banheira e brindei com uma cerveja pra comemorar. 😍

 

Parabéns pra nós!

 

as moscas

Não poderia finalizar esse texto sem falar das malditas moscas que atormentaram minha vida para subir a Laguna 69! Segundo o Charlie, o dono do Llanganuco Lodge, existem somente 2 semanas do ano consideradas de “fly season”, que é a época das moscas. Geralmente varia entre as 2 ou 3 primeiras semanas de agosto, que claro que foi a época que visitei! hahaha

 

Como tem MUITAS vacas do trejeto, tem MUITO cocô na trilha, e consequentemente muitas moscas. Elas voavam dentro do óculos e eu quase caí diversas vezes… foi estressante. Tive que me concentrar muito pra não abalar meu psicológico…

Como eu nunca vi ninguém falar sobre moscar na trilha, acho que dei azar mesmo, mas se eu fosse você levava repelente e passava na cara toda, até nas orelhas. Só quando fazíamos isso elas davam uma trégua! #euavisei

 

FICHA TÉCNICA DO PASSEIO*:

  • Hotel: Llanganuco Lodge
  • Horários: 7:00 às 13:00
  • Distância: 14 km
  • Altitude: Saída a 3.900m, chegada a 4.650m
  • Tempo de caminhada: De 4 a 7 horas
  • Transporte: Táxi de 1 hora (130 soles ida e volta)
  • Entradas: 10 Soles
  • Temperatura média: 5 a 20 graus.
  • Roupa: Sapato de trekking, fleece, corta vento e touca.

 

E você? Fez a trilha da Laguna 69 em quanto tempo??

 

 

LEIA MAIS

 

*Agradecemos ao Llanganuco Lodge pela incrível hospedagem e informações da trilha. As opiniões aqui expostas são completamente pessoais e verdadeiras, para ajudar vocês!

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? :)

Compartilhe

Se gostou das dicas,
receba gratuitamente por email!

Tags:  , , , , , , ,
Thaís Towersey

29 anos, “mãe” orgulhosa de dois gatos e um tanto desequilibrada (veja no Stories!) Trocou as paisagens cariocas pela vida agitada de São Paulo, que hoje ama como sua cidade natal. Apaixonada por viagens e gastronomia, está sempre procurando novos destinos para explorar e mostrar a vocês!
Ache-a no Google + e no Instagram.

Deixe seu comentário

4 Comentários:

  1. Julie07/12/2017

    Oii! Como tinha te dito no Instagram, fiquei em huaraz e fiz 3 passeios , a laguna paron , a laguna 69 e o nevado pastoururi, ficou os 3 150, sendo que a paron foi a mais cara, foi 70 e a laguna 69 e o nevado 40 soles cada, fiz com o sheller ,+51943397706 o whatsapp dele. Só chamar no whatsapp que ele agenda tudo pra vc, e vc paga só dps do passeio lá em huaraz.

    Responder
    • Thaís Towersey08/12/2017

      Oi Julie,

      que legal, obrigada pela dica!! Ficou um preço super bom mesmo, adorei que você gostou e veio compartilhar com a gente!
      Próxima vez farei esses passeios, não conheci nem a Paron nem o Nevado!

      Beijos

      Responder
  2. Lais06/12/2017

    Muito interessante seu relato. Vou em janeiro. Adorei as dicas.

    Responder

Conta aí o que você acha! :)