dom
11 nov
2018

O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Postado por Thaís Towersey - 2 Comentários

A capital chilena está recheada de atrações interessantes e, apesar do que as pessoas acham, tem muito o que fazer em Santiago, sim! O turismo no Chile é muito forte, porque aqui você encontra de tudo: vinho, neve, meuseus e ótimos restaurantes, o que atrai cada vez mais brasileiros. Nesse texto você vai encontrar tudo o que fazer em Santiago no inverno e no verão, além de dicas gerais para montar seu roteiro no Chile.

Pra te ajudar a programar sua viagem do zero, vamos aprender aqui também sobre documentação para entrar no Chile, melhores hotéis em Santiago, onde comer na cidade, quanto custa a viagem e muito mais!

++ Leia também se é obrigatório seguro viagem para o Chile

 

sky-costanera-santiago-min-780x516 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Vista do Sky Costanera 

 

Alguns assuntos merecem um pouco mais de detalhes, por isso vou linkar aqui outros textos do blog com dicas de Santiago do Chile mais específicas, para complementar esse guia, ok? 😉 Para pular pro assunto que te interessa, é só clicar nos tópicos abaixo:

 

O que fazer em Santiago do Chile - mapa

Muita gente usa a capital do Chile como hub de entrada no país e acaba passando só 2 ou 3 dias na cidade antes de seguir para seu “destino principal”, já que não conhece o que fazer em Santiago.

Gente, a cidade tem turismo para todos os gostos! Para quem curte vinho, saiba que são mais de 300 vinícolas para escolher e montar um roteiro totalmente dedicado a elas (que é o que curto 🤣). Você pode focar em museus e na parte histórica de Santiago ou pode aproveitar a viagem no inverno para esquiar, e beber mais pra esquentar.. hahaha

Além disso, Santiago tem vários passeios bate e volta bem gostosos para aproveitar os arredores, principalmente se você estiver viajando no verão. Navegue no mapa para para descobrir o que fazer em Santiago e se liga nessa listinha separada em tópicos.

++ Leia em breve os detalhes dos principais pontos turísticos de Santiago

 

O que fazer em Santiago no Verão

O verão é uma época ótima para procurar o que fazer em Santiago ao ar livre, já que os índices de chuva são baixíssimos. Os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro são SUPER quentes e eu aproveitaria para passear muito a pé e curtir lindos dias de sol!

 

1. CENTRO HISTÓRICO DE SANTIAGO

Pegue em Free Walking tour no centrinho para conhecer um pouco mais da história do Chile. Geralmente eles começam na Plaza de Armas, que é um dos maiores pontos de interesse de Santiago. Se resolver caminhar por conta, por ali você não pode perder uma visita à Catedral Metropolitana, que é belíssima e gratuita. E não muito longe você ainda encontra o Palácio de la Moneda, que por fora já é lindo e também oferece tours gratuitos!

 

plaza-de-armas-santiago-min-780x495 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Plaza de armas em Santiago

 

2. CERRO SANTA LUCIA

É um parque lindo para ver o por do sol, e da para ir andando da Plaza de Armas ou Palácio de La Moneda. A entrada é gratuita, você pode subir caminhando ou de elevador e lá de cima você tem uma vista panorâmica da cidade, perfeita para fazer fotos de Santiago.

 

3. CERRO SAN CRISTOBAL

Um dos pontos turísticos mais visitados de Santiago, não só pela vista, mas porque está dentro do Parque Metropolitano com zoológico, piscinas públicas e o Santuário da Imaculada Conceição. Para chegar lá o ideal é pegar um bondinho ou funicular, já que tem muuuuuitas ladeiras! Indico você combinar sua visita com o museu La Chascona, que fica bem no pé do morro.

 

cerro-san-cristobal-min-780x585 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

O Cerro San Cristobal tem uma estrutura bem bacana!

 

4. LA CHASCONA

É o museu / casa do poeta Pablo Neruda. Mesmo se você não souber nada sobre o poeta eu garanto que a visita vale a pena. A casa é diferentona, com uma decoração única e você ainda recebe um áudio guia em português para entender a história. A entrada custa $7.000 Pesos.

 

5. SKY COSTANERA

Simplesmente o prédio mais alto da América Latina (é a vista da primeira foto desse post). É um dos pontos de interesse imperdíveis de Santiago, mas a entrada é salgadinha, custa $15.000 Pesos Chilenos. O legal desse mirante é que você pode visitar em qualquer época do ano, mas a visibilidade para a cordilheira dos andes vai depender do clima do dia.

++ Saiba detalhes em Sky Costanera: o prédio mais alto da América Latina

 

6. VINÍCOLAS 

As vinícolas em Santiago podem ser visitadas a qualquer época do ano, mas no verão as parreiras ficam verdinhas, verdinhas. São mais de 300 vínicolas diferentes, e algumas tão pertinho do centro que você pode visitar por conta própria.

++ Conheça 3 vinícolas para visistar por conta própria

Existem 3 regiões famosas de produções de vinho em Santiago: Valle de Maipu, Casa Blanca e Colchagua. A famosa pelos Brasilieros, Concha Y Toro, é uma clássica que da para chegar de metrô, mas o legal mesmo é explorar outras mais diferentes e distantes. Indico contratar um tour privado para organizar tudo da sua maneira. Aqui eu conto como comprar esses tours com desconto.

 

7. VIÑA DEL MAR E VALPARAÍSO

São duas cidades litorâneas a 130 kms de Santiago. São os refúgios de verão dos chilenos e, sim, da para fazer um passeio bate e volta no mesmo dia! Viña del Mar é mais luxuosa, cheia de casonas pomposas, legal pra ver um outro lado do Chile que não conhecemos.

Já Valparaíso é um favelão chic. 😂 As ruas são super grafitadas, cheias de ladeiras e restaurantezinhos fofos. Você também encontra outra casa do Pablo Neruda lá. Eu adorei e acho uma bela opção de passeio no verão em Santiago, porque é legal com sol! No inverno acho que o lugar perde o charme.

++ Leia também o que fazer e como chegar em Viña e Val Paraíso

 

8. CAJÓN DEL MAIPO

Outro bate volta imperdível para fazer em Santiago no verão e visitar a famosa represa Embalse el Yeso. A cor da água depende demais de como está o clima no dia, por isso acho o verão a época ideal. Mas também é possível visitar no inverno, quando a cordinheira atrás fica toda branquinha e completa com um visual mágico. Mas esse é um passeio que não indico fazer por conta própria, pois as estradas não são legais até lá, são 100 kms de Santiago.

++ Leia os detalhes do tour até Cajón del Maipo

 

cajon-del-maipo-min-780x520 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Cajon del Maipo no verão

O que fazer em Santiago no inverno

Se sua viagem for entre os meses de Junho e Setembro, você vai encontrar muita neve nos Andes (às vezes até na cidade!) e as temperaturas variam de 18º a 3º C. Essa é uma época de alta temporada no Chile e consequentemente as hospedagens ficam bem mais caras e você deve reservar tudo com antecedência. Em compensação, há muito o que fazer em Santiago no inverno, principalmente para os brasileiros que nunca viram neve!

Mas claro que você pode (e deve) também fazer todos os pontos turísticos de Santiago que citei na lista do verão!

 

1. BRINCAR NA NEVE EM FARELLONES

Se você é daquelas pessoas que sonham em ver neve, fazer anjinho e descer pequenas ladeiras de ski bunda, minha dica é ir para o parque Farellones. Ele fica a quase 24 kms de Santiago e o legal é que você pode passar o dia inteiro se divertindo na neve e sem precisar tocar em um ski! É ideal para quem vai com crianças ou para quem não faz questão de aprender a esquiar. (Mas eles também tem aulas e pistas de ski, caso você mude de ideia, ok?)

 

2. FAZER AULAS DE SKI NO VALLE NEVADO

Um erro que muitas pessoas cometem é ir ao Valle Nevado só para conhecer, sem ter a mínima intenção de esquiar ou fazer snowboard. Gente, Valle Nevado é para quem quer praticar o esporte! O parque é famosíssimo por suas pistas, e é inteiramente dedicado a isso. Chegar lá é chatinho, são 66 kms de muitas curvas saindo de Santiago, então só vale a pena realmente se você for fazer aulas. Pra brincar, vá a Farellones!

++ Conheça os detalhes e valores para visitar Farellones e o Valle Nevado

 

3. DORMIR EM UMA VINÍCOLA

Claro que isso é algo que você pode fazer em Santiago o ano inteiro, mas acho que no inverno o clima fica bem mais aconchegante e romântico. Existem várias vinícolas nos arredores que oferecem hospedagens, mas minhas preferidas são:

 

uvas-lapostolle-min-780x585 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

No meio das parreiras do hotel Clos Apalta

Ah, e uma dica importante! O blog tem parceria com agências de brasileiros que vivem em Santiago e oferece DESCONTO DE 5% em todos esses passeios e no transfer do aeroporto! Peça seu orçamento no formulário abaixo para garantir seu desconto! 🙂

 

Faça aqui a cotação com a agência 321 Chile e garanta nosso desconto especial! Basta preencher o formulário abaixo:
321-chile O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

[recaptcha]

O que fazer em Santiago com chuva

Não existe coisa pior do que chuva em viagem, mas temos que ter sempre um plano B porque isso é algo que não podemos controlar. E minha resposta é: museus, museus, museus! A cidade está recheada deles e você pode ter certeza que não ficará sem o que fazer em Santiago com chuva.

 

1. MUSEU DE ARTE PRÉ COLOMBINO

É considerado um dos melhores do país e perfeito para quem quer conhecer a história e legados das antigas civilizações. Ele fica pertinho da Plaza de Armas, então para os interessados pode ser uma opção do que fazer em Santiago mesmo sem chuva. O ingresso custa $6.000 Pesos Chilenos e ele fica fechado às segundas. Mas se você tiver sorte de estar por ali no primeiro domingo do mês, a entrada é gratuita 😉

 

2. MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES

Uma ótima opção gratuita que mostra que nem sempre é preciso gastar para conhecer um dos principais pontos turísticos de Santiago. O Museu de Belas Artes de Santiago carrega mais de 5 mil peças e fica no parque Florestal, a poucos passos da estação de metrô Bellas Artes.

 

3. MUSEU DE LA MEMORIA

É um museu dedicado à história das violações aos direitos humanos ocorridas durante a ditaduta militar Chilena entre 1973 e 1990. Eu me interesso demais sobre esses temas, mas é importante se preparar para um museu mais pesadinho e que faz a gente pensar. A entrada é gratuita e ele fica do lado da estação de metrô Quinta Normal. (que inclusive possui também o Museu Ferroviário, o Museu Nacional de História Natural, o Museu de Arte Contemporânea e o Museu Artequin)

 

4. MUSEU INTERACTIVO MIRADOR

A opção perfeita do que fazer em Santiago com chuva se você estiver com crianças! Esse museu faz sucesso entre os pequenos por mostrar a ciência de forma diferente e interativa, claro. Até uma sala que reproduz um terremoto ele tem, imagina só se o niños não vão curtir! rs O único problema é que a localização é mais distante, mas da para ir andando da estação Pedreiro. Custa $4.000 para adultos e $3.000 para crianças.

O que fazer em Santiago à noite

Santiago à noite ferve! Para quem curte baladas tem váaaarias opções maneiras, e mais ainda para quem prefere sentar em um barzinho para tomar uma, como eu  😄 Confira alguns lugares que curto para sair em Santiago à noite!

 

1. PATIO BELLA VISTA

Apesar de achar que é um lugar “pega turista” para comer, por ser muito caro, o Patio Bella Vista é uma ótima opção para drinks. O lugar é um complexo cheio de bares e restaurantes lindos e fica lotado à noite! O climinha é uma delícia, é bem gostoso curtir um pouco a vibe, nem que seja só para um drink! Eles ficam abertos até 2:00 am.

 

2. CERVEJARIA KUNSTMANN

Fica bem atrás do Patio Bella Vista e tem quase 20 tipos de cerveja on tap (os chopps que tiram na hora). Gostei bastante das que tomei e o atendimento é bem bacana. No balcão eles te deixam dar uma provinha antes de pedir seu copo grande. Super aprovado!

 

3. WINE TASTE 360

É um mini curso de vinhos ma-ra-vi-lho-so ministrado pelo meu amigo e parceiro aqui do blog, o Artur! Você vai curtir um jantar delicioso de 4 pratos, harmonizado com diferentes tipos de vinho e ao mesmo tempo receber uma aula de degustação em português. É tudo muito dinâmico e divertido, indico demais fazer no início da sua viagem!

++ Veja detalhes do mini curso de vinhos em português e com jantar

 

4. THE CLINIC 

O The Clinic é um dos bares em Santiago que tem a pegada mais diferente, bem politizada. Desde o cardápio, até a decoração dos ambientes são recheados de quadros e charges fazendo críticas inteligentes e engraçadas com os problemas políticos do mundo. Adorei o clima do lugar, mas não é badalação.

 

5. BAIRRO LASTARRIA

É considerado o bairro boêmio de Santiago e tem muitas opções de bares, além de ser lindo! Tire uma noite para caminhar por lá e escolher um dos lugares fofos que mais te agradar no momento.

 

6. LAS URACAS

E para dizer que não dei nenhuma dica de balada em Santiago, aí vai! A Las Urcas foi a única que já fui pessoalmente e posso dizer que é MUITO boa! Muita música latina e atual, gente pra caramba dançando… eu amei! Só que fica no bairro de Vitacura, que é distante, então prepare-se para voltar de Uber!

++ Leia também sobre bares para tomar cerveja local e comer hamburguer!

Quantos dias ficar em Santiago do Chile

Como vocês já viram, as opções de o que fazer em Santiago são IMENSAS, principalmente se você gostar de turismo de vinícolas. Para mim, o ideal seria passar 5 dias em Santiago. Se você for no inverno e também quiser esquiar, 7 dias em Santiago é a quantidade perfeita para não enjoar nem da montanha e nem da cidade!

 

Montei um roteiro simples de 5 dias para você ter uma noção mais ou menos do que fazer em Santiago e quais são os principais pontos turísticos:

Dia 1 – Trocar dinheiro, centro histórico e Sky Costanera
Dia 2 – Museu La Chascona, Cerro San Cristóbal e Cerro Santa Lucia
Dia 3 – Dia de vinícolas (da pra visitar 2 ou 3 no mesmo dia)
Dia 4 – Bate e volta a Cajon del Maipo
Dia 5 – Bate e volta a Valparaíso e Viña del Mar

 

valparaiso-chile-min-780x539 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Valparaíso, toda grafitada

Temperatura em Santiago - quando ir?

Santiago do Chile pode ser visitada o ano inteiro, e cada época tem seu atrativo. Se você ainda não sabe qual a ideal para você, pense assim: existe Santiago com neve e sem neve. São dois tipos de viagens completamente diferentes e cabe a você avaliar qual seu perfil e objetivo:

 

SE VOCÊ QUER ESQUIAR E VER NEVE

Viaje nos meses de Julho e Agosto. O inverno no Chile acontece de Junho a Setembro, e nesses outros meses pode ser que não tenha neve suficiente para esquiar, não tem como prever! Para ser mais certeiro, eu compraria passagem para Julho ou Agosto. As temperaturas em Santiago no inverno variam de 18º a 3º, então prepara o casaco!

 

SE VOCÊ QUER VER A COLHEITA DAS UVAS

Viaje nos meses de Março e Abril. Você não só pode participar das festas da colheita da uva, chamada Vendimia, como pode experimentar as uvas fresquinhas direto das parrerias quando fizer tour nas vinícolas! As temperaturas em Santiago nessa época variam de 28º a 9º.

 

uvas-vinicolas-min-780x518 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Uvas prontinhas para serem colhidas!

 

SE VOCÊ NÃO QUER PASSAR FRIO

Viaje nos meses entre Dezembro e Fevereiro. Esse é o pico do verão em Santiago e a cidade pode ficar bem quente, na média de 30º. Se você não curte passar nenhum friozinho, essa é sua época!

++ Leia também 10 dicas úteis para quem nunca foi a Santiago

Hotéis em Santiago do Chile - onde ficar?

Os melhores bairros para se hospedar em Santiago são Bella Vista, Providência e Lastarria, em minha opinião. Os 3 são super coladinhos e bem centrais, possibilitando você a fazer a maior parte das atrações a pé ou ter sempre um metrô ali pertinho.

Em Las Condes você encontra mais hotéis família, mas não tão centrais assim. O centro também é uma boa opção para achar hotéis em Santiago tanto pela localização e segurança, pode ir sem medo!

 

Fique de olho com o bairro Vitacura! Apesar de ter hotéis luxuosos maravilhosos e outros com valores bem mais acessíveis, a região não tem metrô. Então se você escolher o bairro pelo preço, o barato pode sair caro de tanto andar de Uber.

 

quarto-casa-zanartu-min-780x770 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

O simples, mas baratinho Casa Zañartu

 

APARTAMENTOS EM SANTIAGO DO CHILE

Como forma de economizar na alimentação, muitas pessoas optam por alugar apartamentos em Santiago.  Eu particularmente curto mais o serviço de um hotel, mas não posso negar que os preços são bem atrativos! A oferta de aps é bem grande e pode ser uma boa pedida se for seu perfil de viajante.

 

HOTÉIS BARATOS EM SANTIAGO DO CHILE (ATÉ R$300,00)

Se você também prefere pegar um hotel em Santiago mas não quer pagar muito, indico o Casa Zañartu que fica no centro, é bem simples, mas limpo e seguro! Eu já me hospedei e aprovo!  O Hotel Panamericano é um 3 estrelas bem central e com ótimas avaliações. Para quem prefere um boutique charmosinho, indico o Casa de Todos B&B Boutique em Providência.

 

HOTÉIS EM SANTIAGO DO CHILE, PROVIDÊNCIA (ATÉ R$500,00)

Para quem busca um pouco mais de conforto, eu amei me hospedar no boutique Luciano K em Bella Vista. O hotel é pequeno, charmosinho e hiper bem localizado. Em providência recomendo o Torre Mayor, que também já me hospedei (mas feche por esse link, tem outra unidade que é mais antiga e não gostei tanto). Para um 5 estrelas mais acessível, recomendo o Solace, que vários amigos já ficaram e adoraram!

 

++ Leia sobre os hotéis que já fiquei em Santiago e melhores bairros

Restaurantes em santiago do Chile - onde comer?

Uma outra coisa legal para fazer em Santiago do Chile é explorar os restaurantes! A cidade tem muuuuitas opções gastronômicas boas, mas prepare-se porque não é muito fácil economizar em alimentação. Os restaurantes em Santiago são caros mesmo! A não ser que você fuja pros fast foods, é impossível comer com menos de $10.000. Quão mais cedo você aceitar isso, melhor 😂

Em compensação, os restaurantes oferecem comida boa e tem gastronomia para todos os gostos e estilos. Só indico fugir dos doces! Chilenos não sabem fazer sobremesa… é uma desgraça. Não só você rasga dinheiro como engorda com coisa ruim, de verdade!

 

azotea-matilde-min-780x520 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Meu restaurante preferido: Azotea Matilde

 

Aqui vai a lista de alguns dos restaurantes em Santiago que indico. Mas não deixe de ler os posts específicos para ver os preços e fotos:

  • Azotea Matilde – meu preferido! Tem uma vista linda do terraço e a comida é deliciosa!
  • Uncle Fletch – meu queridinho para comer humburguer e tomar cerveja artesanal chilena;
  • Ocean Pacific restaurante temático dentro de um submarino e com frutos do mar;
  • La Picola Itália – o mais barato disparado que comi na cidade. Um italiano simples e gostosinho;
  • Galindo – indicado também por ser barato (se você dividir os pratos que são grandes), mas não comi;

 

++ Conheça os melhores restaurantes que fui em Santiago

Documentos para viajar pro Chile

 

PARA EMBARCAR PARA O CHILE

Mais uma das facilidades de se viajar para Santiago do Chile é que você não precisa de quase nada, nem visto, nem passaporte! Você pode viajar tranquilamente com seu RG (válido e em bom estado) e não é preciso vacina de febre amarela.

Apesar de não ser obrigatório, é super recomendado ter um seguro viagem para não ter dores de cabeça. Eu já usei duas vezes no Chile e não recomendo viajar sem 😐 Por esse link aqui você garante 10% de desconto (se pagar no boleto) e os valores costumam sair na faixa R$50,00. Acho que vale a pena por sua tranquilidade, né?

 

atendimento-hotel-780x441 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Médicos fazendo meu atendimento no hotel com seguro viagem

 

NA IMIGRAÇÃO NO CHILE

Chegando na imigração, eles podem te fazer aquelas perguntas básicas de quantos dias você vai ficar e tudo mais, mas geralmente ninguém enche muito saco. Agora, saiba que você não pode entrar em Santiago do Chile com nenhum tipo de fruta! Nada mesmo, nem uma maçãzinha. Eles escaneiam todas as malas e se você for pego com frutas, pode tomar uma multa. Fique de olho! (Se tiver dúvidas sobre isso, fale nos comentários que te ajudo!)

 

PARA DIRIGIR NO CHILE

Se você está pensando em alugar um carro no Chile é só levar sua CNH válida e pronto! Não é preciso nenhum um tipo de habilitação internacional ou PID.

Progamando sua viagem para Santiago do Chile

E para chegar no Chile, é importante aprender dicas de imigração moeda e custos na viagem, não é mesmo? Vem que te conto já; )

 

Aeroporto de Santiago e como chegar?

Quase todas as cias aéres brasileiras tem voos diretos até Santiago do Chile saindo das principais capitais. Daqui de São Paulo os voos duram uma média de 4hs e do Rio de Janeiro, 5hs. É pertinho! A sigla do aeroporto de Santiago é SCL, fique de olho nisso. Pelo amooooooor de Deus, gente, não vai comprar passagem pra Santiago de Compostela na Espanha 😂

 

Não esqueça de checar se você tem milhas sobrando ou para expirar! A média por trecho costuma ser de 10 mil milhas, mas rolam umas promos na LATAM por 5 mil milhas o trecho.

 

++ Leia sobre transfer de confiança em Santiago e em português!

Moeda do Chile

A moeda do Chile é o Peso Chileno, e apesar do câmbio alterar todos os dias, nos últimos meses ele anda variando entre $160 a $170 Pesos para 1 Real. Eu sei que parece muito, mas as coisas em Santiago são caras, e prepare para carregar por aí um bolo de dinheiro, e ele escorrer pelos seus dedos rapidamente.. haha

Trocar moeda no Brasil não costuma ser vantagem, e o ideal é levar Reais para trocar no centro de Santiago, na Rua Sarmiento.

 

++ Leia mais sobre câmbio no Chile e que moeda leva

Como se locomover na cidade

O transporte público funciona super bem e tem metrô pra tudo quanto é lado! Você precisar comprar um cartão chamado BIP que é recarregável para poder embarcar e ele custa $1.550 Pesos. Sem dúvidas é a maneira mais fácil, barata e rápida, já que a cidade pode fazer uns trânsitos meio chatos.

O Uber em Santiago do Chile funciona de boa, mas ainda não é legalizado. Eu peguei várias vezes sem nenhum problema! Já os táxis, por outro lado, tem a fama de serem ladrões e que enrolam os turistas, fujam deles!

 

cartao-metro-santiago-min-780x525 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Esse é o cartãozinho do metrô

 

++ Leia sobre transporte em Santiago: dicas de Uber, metrô e táxi

Internet em santiago

Já cheguei na cidade conectada com meu chip ilimitado da EasySim4u que sempre uso nas viagens. Tem lugares que não funciona legal, mas em Santiago do Chile a velocidade foi perfeita. Pude me conectar com mapas, instagram, tudinho! Comprando por esse link você ganha frete grátis!

 

++ Leia sobre chip de internet no Chile

Segurança em Santiago e no Chile

Eu acho Santiago do Chile uma cidade muito segura. Claro que batedores de carteira existem em qualquer lugar, mas é só ficar de olho nos seus pertences. Ninguém vai chegar com uma arma para te assaltar.

Como mulher posso dizer: andei sozinha à noite com tranquilidade e todos os meus amigos que moram lá confirmam sobre a segurança. Fique de olho no celular quando andar no centrão da cidade e novamente, com os táxis. Fora isso, achei muuuuuito de boa, ainda mais comparado com Rio e São Paulo.

Custo da viagem para Santiago

E claro que você quer saber quanto vai custar tudo isso, né? O orçamento da viagem para Santiago do Chile vai depender muito do seu estilo, quantos passeios vai fazer, a categoria de hotel e em quais restaurantes vai comer. Para uma viagem de 5 dias eu fiz um cálculo de R$8.000,00 pro casal com hospedagem 3 estrelas.

Eu fiz um post MUITO detalhado com todas as variações de gastos que vai te ajudar no seu orçamento, não deixe de ler!

 

cerro-san-cristobal-min-780x624 O que fazer em Santiago: tudo para montar sua viagem por conta própria!

Vista do lindo Cerro San Cristóbal

 

Dicas finais sobre Santiago

Tem muuuuito o que fazer em Santiago e é possível montar um roteiro tranquilamente para até 7 dias sem precisar repetir passeios. Para quem quer economizar um pouco, pegue um apartamento com cozinha para diminuir os custos de alimentação na rua. Há muitos museus e praças gratuitas para você apreciar a cidade, mas não deixe de pelo menos visitar uma vinícola! Faz parte demais da cultura chilena, e elas não podem ficar de fora do seu roteiro.

Se você tiver mais alguma dica para adicionar, a gente vai amar! 😍

 

 

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? :)

Compartilhe

Se gostou das dicas,
receba gratuitamente por email!

Tags:  , , , , , , , ,
Thaís Towersey
29 anos, "mãe" orgulhosa de dois gatos e um tanto desequilibrada (veja no Stories!) Trocou as paisagens cariocas pela vida agitada de São Paulo, que hoje ama como sua cidade natal. Apaixonada por viagens e gastronomia, está sempre procurando novos destinos para explorar e mostrar a vocês! Ache-a no Google + e no Instagram.
Deixe seu comentário

2 Comentários:

  1. Maravilhoso post !
    Vou voltar para lá seguindo as suas dicas da próxima vez. ♥

    Responder

Conta aí o que você acha! :)