seg
25 set
2017

9 dicas para não cair em roubadas na China!

Postado por Thaís Towersey - 0 Comentários

Viajar para um país novo, do outro lado do mundo e com culturas completamente diferentes da nossa é de dar um medinho, normal. Ainda mais em um país onde as pessoas praticamente não falam inglês. Não vou te enganar, não é uma viagem fácil e cair em algumas roubadas na China é quase inevitável.

 

Não deixe de nos seguir no Instagram @guiamundoafora
Você também pode procurar pela Tag#GMAnaChina 😉

 

Acho que a primeira dica que sempre dou pra todo mundo que faz essas perguntas pra mim sobre a china é: cabeça aberta, galera! As coisas vão dar errado de uma forma ou de outra, e reservar tempo hábil pra resolver esses problemas é essencial.

Mas com a experiência que adquiri depois de duas viagens lindas na China e mais de 10 cidades visitadas, acho que posso ajudar vocês a evitarem ao máximo a cair nas roubadas que caí 😝

 

roubadas na China

A maior parte dos táxis tem essas proteções rsrs

 

o clássico táxi do aeroporto

Sempre começo com essa, porque é a primeira rasteira que toooooodo mundo toma, afinal, você acabou de colocar os pés no país. Até eu que já tinha ido pra lá cai em uma dessas roubadas na China, mas logo depois aprendi minha lição.

 

É super normal você sair do aeroporto, estações de trem e atrações e terem pessoas paradas na porta oferecendo táxi o tempo inteiro. Aprenda uma coisa: eles não são táxis! São chineses comuns que tem carro e estão fazendo “bicos” pra ganhar dinheiro fácil de turistas.

Ignore, diga que não e vá seguindo as placas com indicação de táxi na estação, pois esses serão os oficiais que rodam com taxímetro. Na minha primeira viagem peguei alguns táxis comuns que tentarem negociar preços fechados, mas dessa vez isso não rolou mais. TODOS ligaram o taxímetro em todas as cidades que fui.

 

táxi na China

Táxis oficiais

 

Pra vocês terem noção de como os preços podem ser altos: eu cheguei mais de meia noite no aeroporto de Shanghai, não tinha mais metrô e eu fui com um desses caras. A corrida era de 7 km, nada muito distante, e o primeiro me ofereceu 150 RMB. O segundo ofereceu 100 RMB, e eu chorei pra 70 RMB, que da uns R$35,00 mais ou menos.

Minha amiga Flávia pegou por 200 RMB pro mesmo trecho! Depois com um táxi oficial fizemos a 40 RMB. Não estamos falando de R$300,00 de perda nem nada, mas de grão em grão, gente, vai se perdendo dinheiro à toa!

 

Vá de metrô!

Praticamente toooooda estação de trem, ônibus e aeroportos tem metrô interligando a cidade, com exceção de cidades de interior, como Zhangjiajie, Guilin e tals, que não tem como fugir dos táxis. Mas se tem metrô, porque não?

Toda estação de metrô na China tem escadas rolantes pra todos os lados e você não precisa fizer erguendo mala que nem um louco que nem é na Europa. Os tickets custam uma média de 3 a 7 RMB e é uma economia e tanto no teu orçamento!

 

metrô na china

Dentro do metrô na China, super limpo, seguro e novo!

 

Ligue o GPS

A maior parte dos táxis que peguei já usam uma espécie de “Waze” chinês e dava pra acompanhar junto com eles o trajeto da corrida. Mas para evitar do taxista ficar rodando com você pra corrida dar mais cara e não cair nessas roubadas na China, ligue o seu GPS também.

 

Eu viajei como Chip da EasySim4U que funcionou super bem e me possibilitou achar tudo o que precisava durante a viagem (não deixe de ler nosso post sobre internet e redes bloqueadas na China). Eu sempre sentava na frente, ligava meu GPS e o cara já estava ligado que eu estava ligada.. haha

No fim das contas não senti que ninguém tentou passar a perna na gente, mas foi uma boa forma de precaução, porque minha primeira experiência no país foi bem diferente. Acho que como agora todo mundo tem acesso à internet com mais facilidade o povo aprendeu que não adianta tentar enrolar.

 

leve o endereço sempre em chinês

Essa aqui você não pode esquecer! Taxista não fala inglês, não adianta. Mostrar o endereço em inglês pro cara, mesmo se estiver escrito “Four Seasons”, que todo mundo conhece, não vai servir de nada. Tire um print do endereço que você quer ir e mostre pro motorista antes de entrar. Ele vai te dar o ok e você vai.

Tiveram umas 2 ou 3 situações que mesmo com o endereço o cara ficava com aquela cara de que não sabia onde era. Nesses casos a gente agradecia e não pegava o táxi, porque a última coisa que quero é alguém perdido e me pedindo direções em chinês, né? haha

 

Endereço do hotel que o booking fornece no app deles

 

Se você reservar seu hotel pelo Booking.com, eles já tem uma área que você clica para gerar o endereço na lingua local. Facilitou muuuuito minha vida, eu adoro o Booking!

 

Reserve seu hotel na China aqui

 

CURIOSIDADE: Você pode ler em muitos blogs por aí que turista não consegue pegar táxi na rua, pois os taxistas não param com medo de não entender pra onde você quer ir. Antigamente isso era verdade mesmo, mas agora isso está desatualizado. Justamente por conta da internet, não tive problemas nenhum com isso. Todo mundo parou e cheguei sempre no meu destino final sem erros!

 

Use e abuse do Google Translator

Mais uma dica pra não cair em roubadas na China que depende de internet. Não consegue falar com a pessoa o que você quer? Coloca na tradutor e mostre o celular pra ele com a frase em chinês. É normal, eles fazem isso o tempo inteiro e eu já cheguei até a bater papos cabeça com os chineses assim, juro! hahaha

 

Essa técnica foi muito útil principalmente em estações de trem e busão quando eu queria comprar tickets. Escrevia “2 passagens para num sei onde agora, por favor” e entregava meu celular pelo guichê.

 

 

Separe tempo para cometer erros

A gente sempre quer tentar conhecer o máximo possível de todos os lugares, eu entendo, mas tente separar um dia inteiro só para se deslocar de uma cidade a outra dentro da China. É muito comum voos atrasarem, por exemplo, ou então você acabar tendo que pegar um trem mais tarde do que esperava porque errou a estação correta (claro que eu fiz isso, né?) e se você tiver com seu roteiro apertadinho vai ficar louca da vida por estar perdendo tempo.

Organize tudo com calma, tempo livre, pois se dar algum problema você não se descabela.

 

Chegue com antecedência nos aeroportos

Você vai ver que a segurança na China é super intensa dentro das estações e aeroportos. Até para pegar o metrô comum você precisa passar por um raio x, pra terem noção, então não deixe o tempo apertado.

Nos aeroportos eu costumava chegar com 2 horas de antecedência para voos domésticos e 3 para internacionais, só pra garantir.

Você vai passar no Raio x no metrô, raio x para entrar no aeroporto (sim, antes mesmo do Check in), check in, checagem de documentação e só depois o raio x normal para embarcar no voo. As filas podem ficar enooooormes, não dê bobeira!

 

Prepare-se para filas e chegue cedo
Com mais de 1 bilhão de pessoas no país, é de se esperar que tudo na China é muito cheio. Os chineses viajam muito dentro do próprio país e estão sempre bombando nas atrações. Você nunca vai ficar sozinho, isso é um fato, mas chegar cedo em atrações bem concorridas pode te economizar boas horas de fila, o que é uma das roubadas na China.

 

Eu queria subir na Pearl TV Tower em Shanghai, por exemplo, mas desisti pois tinha 2 horas de espera quando cheguei às 14:00. Minha amiga foi no dia seguinte às 9:00 e esperou 30 min. Diferença boa né?

 

ALERTA: Chinês adoooooooooora furar fila. Adora! Fique de olho, isso é normal pra eles, e se você ver um engraçadinho, cutuca mesmo e aponte pro fim da fila. Normalmente ninguém fala nada, mas quando alguém se pronuncia eles param.

 

Plataforma de trem na China

Plataforma de trem com sei lá quantos chineses!!

 

Não "confie" no Google sempre

Essa dica parece meio paradoxal depois te tanta ajuda que falei acima que o Google me deu na viagem, mas ele nem sempre está correto. Como o Google é bloqueado na China, ele ainda possui um delay (atraso) em certas informações. Quando cheguei em Xian, por exemplo, não tinha achado metrô no mapa da cidade e já estava preparada para pegar um táxi.

Xian já possui 3 linhas em pleno funcionamento na cidade e tem mais 8 em construção, mas o Google ainda não tem essa informação atualizada. Principalmente quando se fala em metrô, tente saber com antecedência com seu hotel essas infos para não cair na roubada de achar que não tem!

 

SEGURANÇA

Não é uma dica específica, mas só para matar a curiosidade de muita gente sobre o assunto. A China é muito segura, e apesar dessas roubadas que podemos cair, você pode ficar despreocupado que ninguém vai tentar tirar seu celular ou roubar sua bolsa. Andei à noite sozinha por aí em diversas cidades, e nunca senti nenhuma fração de ameaça.

 

E vocês? Passaram por uma roubada diferente na China?

 

LEIA MAIS

 

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? :)

Compartilhe

Se gostou das dicas,
receba gratuitamente por email!

Tags:  , , , , , ,
Thaís Towersey

29 anos, “mãe” orgulhosa de dois gatos e um tanto desequilibrada (veja no Stories!) Trocou as paisagens cariocas pela vida agitada de São Paulo, que hoje ama como sua cidade natal. Apaixonada por viagens e gastronomia, está sempre procurando novos destinos para explorar e mostrar a vocês!
Ache-a no Google + e no Instagram.

Deixe seu comentário

0 Comentários:

Conta aí o que você acha! :)