seg
18 set
2017

Trilha Ausangate e Vinicunca no Peru: paisagens incríveis te esperam

Postado por Nathalia Gajo - 2 Comentários

Montanha das 7 cores, Cerro Colorado, Montanha do Arco-Íris, Montanha Colorida, Vinicunca ou Rainbow Mountain. Fique à vontade para escolher como chamar, pois você vai encontrar todos esses adjetivos nessa montanha que faz parte da trilha Ausangate.

Ela foi recém descoberta e está atraindo cada vez mais turistas do mundo todo, mas já adianto para vocês, caros leitores, que o que vimos depois da Vinicunca foi tão mágico, lindo e incrível quanto! Afinal, a felicidade não é o destino, e sim, a viagem. E é por isso que vamos mostrar pra vocês nos próximos posts como foi nossa jornada de 5 dias fazendo a Trilha Ausangate com a incrível Andean Lodges.

 

Não deixe de nos seguir no Instagram @guiamundoafora e procurar pela Tag
#GMAnoPeru para ver mais fotos!

 

Rainbow Mountain

Vinicunca ou Rainbow Mountain

 

Aclimatação

Nossa viagem aconteceu no fim de Julho/início de Agosto de 2017. Eu e Thais ficamos por 2 dias em Cusco (hospedadas no Wayqey) para que pudéssemos nos aclimatar, afinal, a trilha nos levaria à altitude máxima de 5.200 metros! E aclimatação é coisa séria, minha gente. Não pulem essa etapa!

Cusco encontra-se a 3.400 metros acima do nível do mar, o que já causa alguns incômodos. Sintomas como dor de cabeça, enjoo e, principalmente, falta de ar são bastante comuns. Então algumas das dicas que dou para vocês são: beber bastante água, fazer refeições leves, evitar o consumo de álcool, dormir bem, principalmente chegando na cidade e respeitar o seu corpo e o seu ritmo.

 

Dormindo em Lodges

Optamos por fazer a Trilha Ausangate com a empresa Andean Lodges, e não poderíamos ter escolhido melhor! São 45km percorridos em 5 dias e todas as noites são passadas em lodges maravilhosos e muito bem equipados. Nada como chegar de um longo e intenso dia de caminhada, tomar um banho quente, ter um jantar delicioso e dormir numa cama confortável. Resumidamente, assim foram nossos dias de aventura!

 

Todas as outras empresas que fazem essa trilha são no estilo Camping, onde você tem que carregar sua barraca e se instalar todas às noites pelo trajeto, e definitivamente não era o que estávamos procurando. Se você gosta de explorar paisagens incríveis mas sem passar o maior perrengue do mundo, cola aqui que essa é a sua empresa.  😉

 

Suite Chilca Tambo

Suíte padrão dos Lodges

 

A empresa possui os quatro lodges mais altos do mundo!!! Cada um deles possui capacidade para 16 hóspedes (8 quartos duplos), banheiros com água quente, camas bem confortáveis e com cobertores bem quentinhos (sentimos até calor! rs). Os lodges não possuem eletricidade, mas são equipados com lareira, velas e lâmpadas solares.

 

 

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros encontrados no blog, ganhamos uma pequena comissão, E VOCÊ NÃO PAGA MAIS POR ISSO, mas super me ajuda a continuar postando conteúdo GRÁTIS!

 

 

alimentação

Todos os dias, quando o grupo chega da caminhada é servido um lanche da tarde com café, leite, chocolate e algumas bolachas. Às 19:00 é servido um jantar mara com entrada, geralmente sopa, prato principal e sobremesa. É top demais gente, podem acreditar! Vale muito a pena!

Vamos mostrar mais da alimentação nos posts específicos de cada dia da Trilha Ausangte, mas tudo era muito saudável e pensado para que pudéssemos aguentar o tranco das trilhas e ao mesmo tempo não estarmos super pesadas, e sempre com comidas locais, claro.

 

Lobby Lodge

 

Uma questão muito interessante é que a Andean Lodge é uma empresa de turismo sustentável e comunitário. Todo lixo produzido pelos passeios na trilha Ausangate são levados de volta a Cusco. A empresa opera em parceria com as comunidades locais de Chillca e Osefina, gerando empregos, rendas e colaborando com a preservação da cultura local.

 

As casas foram construídas dentro de critérios ecológicos e em acordo com as comunidades locais. Explorar as riquezas que esse mundão tem pra nos oferecer dando atenção especial para esses valores se faz cada vez mais necessário!

 

Chilca Tambo

Primeiro lodge, Chilca Tambo

 

O que esperar da Trilha

Como contei, são 45km no total de caminhada, divididos em 5 dias. Não é uma trilha para quem nunca faz exercícios na vida, sem dúvidas, mas no fim das contas não é tanto quanto parece, já que descansamos bastante no fim de cada dia.

Não existem tantas subidas, e a maior parte da trilha é feita no plano, o que facilita muuuuito mesmo! São somente de 2 a 3 pontos com subidas, que não levam mais de 1 hora cada uma, então não se preocupe com grandes escaladas, mas sim longas caminhadas.

Espere caminhar na Trilha Ausangate por uma média de 4 a 7 horas, dependendo do nível de dificuldade que o trajeto do dia tiver, e claro, do nível do grupo. Por conta disso, a Andean Lodges possui 3 guias diferentes dentro do grupo, por que no fim das contas cada um tem um ritmo diferente e a ideia é tentar contornar essas diferenças da melhor maneira possível.

Veja aqui mais algumas fotos dos lugares que você vai passar, pra te inspirar! 😉

 

visual trilha ausangate

caminho trilha

subida trilha

lago ausangate

 

Temperaturas

Uma coisa que ficamos muito preocupadas foi com o nível de frio que iríamos passar, afinal, estávamos nas montanhas e o frio sempre pega bastante na altitude. À noite no lodge era tudo muito suave, pois tínhamos lareira e bolsa de água quente nas camas para dormir, então não passamos frio em dia nenhum (o que seria completamente diferente se fosse em uma barraca, né?)

Durante as trilhas você acaba ficando com calor de tanto andar, mas o ideal é levar calça, touca, luvas, camisa fina de manga longa para todos os dias, além de corta vento e pelo menos 1 casaco mais pesado pra trilha. O único dia que sentimos frio mesmo foi no topo de Vininunca, lá o bicho pega! Olha como estávamos vestidas:

 

Vinicunca

Congelando, mas felizes!

 

Por conta dessas subidas, algumas descidas e da própria longa duração da trilha indico muito comprar bastões de trekkings. Eles vão te ajudar bastante e não sobrecarregar seus joelhos. Eu não usei, mas Thais achou essencial!

 

Foram 5 dias intensos com muita aventura e história pra contar. Nossa experiência na Trilha Ausangate foi incrível e vamos falar detalhadamente de cada dia. Queremos mostrar que a trilha, apesar de longa, é mais acessível do que vocês imaginam!

 

Acompanhem os 5 dias da Trilha Ausangate nesses posts:

  • Trilha Ausangate – Dia 1
  • Trilha Ausangate – Dia 2
  • Trilha Ausangate – Dia 3
  • Trilha Ausangate – Dia 4
  • Trilha Ausangate – Dia 5

 

 

Andean Lodges
José G. Cosio 307 – Urb. Magisterial Cusco, Peru
Telefone: +51 84 224613
Email: [email protected]
Reservas e informações no site oficial.
Clique aqui para reservar e ver valores em real pelo booking.

 

 

LEIA MAIS

 

*Agradecemos ao Andean Lodge pela incrível hospedagem e trilha. As opiniões aqui expostas são completamente pessoais e verdadeiras, para ajudar vocês!

Faça suas reservas aqui pelo blog

Cada vez que você reserva algo por algum link aqui do blog, recebemos uma pequena comissão que nos ajuda continuar a atualizar o conteúdo. E você, leitor, não paga nada a mais por isso! Então reserva, vai? :)

Compartilhe

Se gostou das dicas,
receba gratuitamente por email!

Tags:  , , , , , , , , ,
Nathalia Gajo
Sou Nathalia Carvalho, tenho 25 anos e uma mochila cheia de sonhos. Moro na Floresta Amazônica, sou casada e tenho um filho dog chamado Jack Sparrow. Sou completamente apaixonada pela vida e busco sempre estar em contato constante com a natureza. Me descobri viajando. Não sei onde estarei amanhã, mas hoje sei que estou no caminho certo. Namaste!
Deixe seu comentário

2 Comentários:

  1. Caroline18/09/2017

    Oi Thais… Acho que encontrei o seu blog na hora certa… Esse ano me deu uma vontade súbita de conhecer Machu Picchu, sair um pouco da casca em que vivo e ir me aventurar pelo mundo. Depois de algum tempo de pesquisa (muito mal feita inclusive) conclui que Peru não entraria no meu roteiro agora porque só tinha Machu Picchu para conhecer (sabe de nada, inocente). Algum tempo depois encontrei teu instagram e não parei mais de te acompanhar. Você estava em aclimatação em Cusco e no outro dia ia começar essa trilha do post. Eu já tinha visto Numa outra blogueira que eu sigo fazer essa mesma trilha, mas ela fez camping. não animei não. Camping para mim é desconfortável, eu ia acabar dormindo mal, e ainda tinha os cinco dias sem banho. Enfim, adorei o post, estou ansiosa pelos próximos. Gostaria de saber como foi a alimentação de você na trilha, sou intolerante a glúten e comer fora de casa é sempre minha maior preocupação. Gostaria de saber também o que mais é indispensável para levar na mochila.

    Responder
    • Thaís Towersey18/09/2017

      Oi Carol, que comentário mais feliz!!! Adoro poder trazer coisas novas pra vocês e ajudar a descobrir cantinhos desse mundão fora do roteiro turístico. <3
      Vou te dar uma notícia boa: com essa empresa que eu fiz a trilha, a Andean Lodges, eles montam a alimentação pra suas restrições. Tinham pessoas do nosso grupo com dieta sem glúten e vegetarianas. Dias antes da trilha eles fazem um briefing com cada cliente para explicar o passo a passo de tudo e pegar essas infos para se prepararem. Como é tudo feito na hora com as cozinheiras locais, eles conseguem adaptar todo o cardápio, é mara!

      Sobre o que levar, fora as roupas de frio e trekking comuns, eu diria que um bastão de trekking, uma boa mochila que prenda na barriga (leia esse texto aqui sobre materiais pra trilha, fiz por causa do Atacama, mas se encaixa) e um par de botas de trekking é indispensável!!!

      A Naty já está com a mão na massa pros outros posts 🙂

      Beijo grande e quero te ver mais por aqui!

      Responder

Conta aí o que você acha! :)